Do que são feitas as bijuterias? Entenda a composição das peças

Já teve curiosidade em saber do que são feitas as bijuterias? Grande parte dos aneis, brincos, colares e das pulseiras que a gente encontra à venda é feita de uma liga de quatro metais, que recebe o nome de zamac.

Mas por que será que algumas bijuterias que a gente tem em casa escurecem e outras não? Isso tem a ver com o banho que as peças recebem. Quer entender melhor do que são feitas as bijuterias para comprar peças que vão durar por muitos anos? Vem com a gente!

Zamac: o que é?

A maioria das bijuterias é feita de uma base metálica chamada zamac. O zamac tem em sua composição química zinco, alumínio, magnésio e cobre, e também é a base para as semijoias. É uma matéria-prima de cor cinza, resistente a choques, desgastes e oxidação, além de ter ótimo acabamento.

O zamac é a base para anéis, colares, brincos e pulseiras à venda no mercado. A diferença entre uma bijuteria de qualidade e outra inferior é o número de camadas de material nobre que ela recebe.

Isso mesmo! As bijuterias recebem banho de ouro, ouro rosé, prata ou ródio. Quanto mais camadas, maior será a durabilidade, a beleza e a elegância das peças. Elas podem se enquadrar na categoria de bijuterias finas, ideais para festas, e muito semelhantes a joias e semijoias.

Em média, as bijuterias que usamos para o dia a dia têm duas camadas de banho de metais preciosos.

Deixe uma resposta